Deputados socialistas da Região e da Europa debatem “resposta da União Europeia aos impactos da Covid-19 nos Açores”

0
30

Os deputados do Grupo Parlamentar do PS/Açores e os deputados socialista do Parlamento Europeu vão debater quais as respostas que a União Europeia deve dar aos impactos da Covid-19 nos Açores. “Nós sabemos que a resposta à crise que vivemos, tanto à crise de saúde, como à crise que vamos ter do ponto de vista económico – e que já se começa, naturalmente, a materializar – não pode ser apenas uma resposta local”, adiantou Francisco César.

“Por muitos esforços que estejam a ser realizados pelas autoridades regionais e pelas autoridades nacionais, nós sabemos que a ação a estes dois níveis não será suficiente para uma crise que será generalizada, porque de um momento para o outro retira à atividade e à nossa vivencia tudo aquilo que era normal”, acrescentou o Presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores, defendendo que é necessária uma resposta europeia.

Francisco César recordou que estavam agendadas Jornadas conjuntas nos Açores, a 24 e 25 de abril, com a presença dos deputados socialistas ao Parlamento Europeu, mas que a iniciativa teve de ser adaptada às novas circunstâncias: “Aquilo que faria sentido era nós transformarmos essas jornadas parlamentares, numas jornadas parlamentares online, ou seja, utilizando as novas tecnologias através de videoconferência e se possível transmiti-las nas redes sociais do Partido Socialista e do Parlamento Europeu, inclusive”.

A iniciativa agendada para a próxima sexta-feira dia 24 de abril, conta com a intervenção do Presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, do coordenador da delegação portuguesa no Parlamento Europeu, Carlos Zorrinho, e de deputados do Partido Socialista dos Açores, deputados ao Parlamento Europeu, e também de um conjunto de personalidades que são do Partido Socialista e que exercem cargos executivos na Região.

O primeiro debate permitirá debater qual “a resposta que a União Europeia deve dar à crise, à crise de saúde e à crise económica, que tipo de incentivos serão dados, que apoios devem ser dados para além de crédito, e até qual é o papel que o Orçamento da União Europeia e outro tipo de apoios podem ter na recuperação económica”. O líder da bancada socialista lembrou que o Conselho Europeu reúne na véspera, realçando que “este é o momento para nós discutirmos isso nos Açores, com os nossos deputados do Parlamento Europeu”.

O segundo painel pretende debater as áreas especificas da Agricultura e das Pescas: “Nós sabemos o peso que o setor das Pesca e o setor da Agricultura têm numa Região como a nossa e, portanto, aquilo que nos parece fundamental é saber quais são as respostas especificas, para além daquela que é a nacional e a regional, que a União Europeia nos dá”.

Francisco César adiantou ainda que o terceiro painel versa sobre a Política de Coesão e as Regiões Ultraperiféricas: “Se antes desta crise a discussão já se colocava, agora então justifica-se muito mais. A União Europeia não pode ser um conjunto de diversos Estados com respostas diferentes, tem de ser uma União – exatamente no sentido da palavra – com respostas assimétricas, ou seja, respostas que tratem diferente aquilo que é diferente e no caso das Regiões Ultraperiféricas que, exatamente, nos consigam ajudar e potenciar aquelas que são as nossas potencialidades no âmbito desta crise”.

A iniciativa começa às 9 horas da manhã e pode ser acompanhada no Facebook do Partido Socialista dos Açores – https://www.facebook.com/psacores/

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO