Editorial | Edição de 5 de janeiro de 2024

0
31
DR
DR

2024 acaba de nascer. As comemorações de ano novo, rodeadas de alegria, de celebração e de festa entre aqueles que em paz completaram mais uma volta ao calendário da vida, este ano revelaram, de uma forma mais ostensiva e evidente, um contraponto cruel: a realidade daqueles que não tiveram direito à alegria, à celebração e aos festejos, imersos em guerra, quer seja aquela que opõe a Rússia e a Ucrânia, ou Israel e o Hamas, quer seja a dos muitos conflitos locais, menos conhecida, mas não menos dilacerante para as pessoas.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!