Governo dos Açores abre nova fase de candidaturas à reconversão de explorações leiteiras em carne de bovino na ilha de São Miguel

0
22
DR/GACS
DR/GACS

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, anunciou que será aberto um novo período de candidatura para a reconversão de explorações leiteiras em produção de carne de bovino exclusivamente para os produtores da ilha de São Miguel, com o objetivo de permitir que mais produtores possam aderir.

“Em São Miguel apenas 24% dos direitos que estavam disponíveis foram utilizados pelos produtores na fase de candidatura a esta medida de reconversão, que terminou no dia 7 de agosto, pelo que importa voltar a abrir uma nova fase de candidaturas para que mais produtores possam aderir”, referiu João Ponte, acrescentando que esta decisão foi tomada, em articulação com o presidente da Federação Agrícola dos Açores.

O governante revelou que no total foram recebidas 53 candidaturas para reconverter explorações de leite em produção de carne de bovinos nas ilhas de São Miguel, Terceira e Graciosa, que equivale à utilização de 2.756 dos 6.000 direitos disponibilizados para efeitos de concessão do prémio à vaca aleitante.

“Do ponto de vista do Governo dos Açores o balanço é positivo, tanto mais que no caso das ilhas Terceira e Graciosa a quota de direitos disponíveis foi esgotada”, referiu João Ponte, acrescentando que, no total, as candidaturas destas duas ilhas correspondem a 1.653 direitos.

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas indicou, ainda, que através desta medida ocorrerá, já a partir de 2021, uma redução de cerca de 14 milhões de litros de leite na Região, em relação à produção de referência registada em 2019.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO