Governo dos Açores participa em conferência internacional para partilhar boas práticas em matéria de energia

0
7

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional da Energia, participa, a 26 de setembro, na sétima conferência internacional sobre a transição energética nos países a sul e oriente do Mediterrâneo, onde vai apresentar as medidas e ações pioneiras que o Governo dos Açores tem prosseguido em matéria de energia de modo a impulsionar a descarbonização deste setor.

O evento, intitulado ‘Sustainable Energy for Islands and Remote Areas: Frontrunners for Energy Transition in the Euro-Mediterranean Region’, decorre na Grécia, organizado pela Associação de Agências Nacionais de Energia do Mediterrâneo (MEDENER), em parceria com o Secretariado das Ilhas Limpas da União Europeia, contando com a participação de diversas regiões, de países como Espanha ou Malta.

De acordo com a premissa lançada pela MEDENER, a escala e insularidade das ilhas conduzem a uma forte dependência de combustíveis fósseis em setores como a eletricidade e a mobilidade, desafios que estes espaços ultrapassam com recurso a soluções e tecnologias inovadoras, que podem ser replicadas pelos países do Mediterrâneo com realidades semelhantes, tendo, neste contexto, os Açores sido convidados a partilhar as boas práticas que têm vindo a ser implementadas na Região.

Trata-se de uma partilha de conhecimento em matéria de energia que reflete o valor acrescentado que os Açores trazem à Europa neste setor, também patente no crescente envolvimento da Região em projetos de cooperação, grupos de trabalho e consórcios de cariz internacional que visam contribuir para melhorias ao nível da eficiência energética e otimização do aproveitamento dos recursos naturais no espaço económico europeu, promovendo, simultaneamente, a transição para uma economia de baixo carbono que garanta aos Açorianos uma energia cada vez mais limpa, segura, competitiva e acessível a todos.

Os Açores foram reconhecidos como uma das regiões líderes para apresentar a sua agenda para a transição energética, entre mais de 2.200 ilhas e arquipélagos da União Europeia, no âmbito da iniciativa ‘Clean Energy for EU Islands’, encontrando-se, para o efeito, a desenvolver a Estratégia Açoriana para a Energia no horizonte 2030, que irá delinear políticas que respondam às necessidades de uma região insular e ultraperiférica, usufruindo das potencialidades oferecidas pelos seus recursos naturais e pelas tecnologias emergentes no setor da energia.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO