Governo e Associação de Municípios reúnem para estabelecer estratégia global de combate aos roedores nos Açores

0
24
DR

DR

Encontrar uma estratégia para combater a praga de roedores nos Açores é o objetivo da reunião entre o Governo e a Presidente da Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores (AMRAA).

Neste encontro entre João Ponte e Cristina Calisto vai estar também em cima da mesa, a questão dos caminhos agrícolas e a implementação do Decreto Legislativo Regional relativo aos centros de recolha oficial de animais

No próximo dia 12 de janeiro o Secretário Regional da Agricultura e Florestas vai reunir com a Presidente da Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores (AMRAA) com o objetivo de encontrar uma estratégia global para a problemática dos roedores, cujo combate deverá envolver as autarquias.

No entender de João Ponte é necessário “intensificar” a colaboração que tem existido no âmbito do controlo e combate a esta praga, que afeta não só os meios rurais, mas também as zonas urbanas.

Para um combate eficaz esta praga, o secretário considera ser “importante estabelecer pontes com os municípios” e envolver “as entidades oficiais, as empresas e os particulares numa estratégia responsável e cooperante” de forma a que “se consiga um controlo efetivo e duradouro do problema”.

Para o governante “a utilização isolada de medidas ofensivas ou de eliminação, como a aplicação de rodenticidas, sem a implementação conjunta de medidas que tornem o ambiente menos favorável para os roedores, impossibilita a obtenção de resultados adequados”, defende.

Segundo informação avançada pelo Gabinete de Apoio à Comunicação Social neste encontro serão analisados outros assuntos, nomeadamente “a questão dos caminhos agrícolas e a implementação do Decreto Legislativo Regional relativo aos centros de recolha oficial de animais”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO