Governo Regional assume trabalho constante de desenvolver os Açores

0
11

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas afirmou hoje, na Graciosa, que o Governo dos Açores continua a “desenvolver” as ilhas do arquipélago, “num trabalho que assume como constante”.

Para Ana Cunha, esta é a missão e o que faz mover o Executivo, “trabalhar para todos os Açorianos, de Santa Maria ao Corvo”.

A titular da pasta das Obras Públicas, que falava na apresentação do projeto de requalificação do Largo 1.º de Dezembro, na freguesia da Luz, na Graciosa, salientou que “hoje sinalizamos o desenvolvimento desse trabalho na ilha Graciosa. Esta é mais uma obra que dará a concretização ao objetivo do Governo dos Açores de melhoria das acessibilidades nas vias públicas, das condições de mobilidade dos Açorianos e da sua qualidade de vida”, promovendo também “a requalificação de espaços públicos e a melhoria das condições da rede viária regional”.

Com esta requalificação pretende-se “reorganizar o trânsito e, ao mesmo tempo, dotar este espaço com lugares de estacionamento, passeios, requalificando também todas as zonas envolventes”, afirmou Ana Cunha, acrescentando que esta intervenção “promoverá certamente uma melhor utilização deste espaço na zona mais central da freguesia da Luz”.

A Secretária Regional frisou que se pretende dotar a freguesia “de um centro urbano qualificado, ao mesmo tempo que se persegue a reorganização dos fluxos de trânsito no centro desta freguesia”.

“O foco principal do projeto é a criação de um pequeno largo, junto ao chafariz da freguesia, conferindo-lhe o relevo do passado, não descurando o seu aspeto arquitetónico”, acrescentou.

Pretende-se que o largo “seja um espaço polivalente, não havendo assim lugar a uma demarcação formal do espaço de estacionamento”, afirmou Ana Cunha, adiantando que “parte do largo será utilizada no dia-a-dia para estacionamento, garantindo-se igualmente em dias festivos que possa ser utilizado de outras formas por todas as pessoas”.

“A intervenção passará, acima de tudo, pela requalificação dos passeios e substituição dos pavimentos existentes, colocação de mobiliário urbano e melhoramento das condições de iluminação”, adiantou.

Ana Cunha lembrou que “estamos, através da utilização dos recursos da Região, a cumprir um dos compromissos assumidos no Programa do XII Governo, de requalificação das infraestruturas públicas, mantendo o património arquitetónico e proporcionando a todos os que vivem nesta freguesia, ou os que a visitam, que o façam com a maior comodidade e segurança possível”.

Durante a visita estatutária à Graciosa, a Secretária Regional visitou também o local onde decorrem os trabalhos de requalificação de um troço do ramal da Estrada Regional N.º 1–2.ª, mais concretamente na Rua do Ilhéu, onde foram implementados dois percursos pedonais, de ambos os lados da via, com início no cruzamento de acesso ao Porto Comercial e o cruzamento do Pinheiro.

Esta requalificação promove a continuidade dos acessos existentes, proporcionando aos utilizadores um circuito destinado a atividades ao ar livre e lazer.

Foram ainda requalificados os muros dos terrenos, devolvendo a sua forma original em pedra arrumada à mão, estando também a ser intervencionada a zona do cruzamento de acesso ao Porto Comercial, com a criação de uma rotunda e repavimentação, por ser uma das zonas com elevado estado de degradação dos pavimentos.

Ana Cunha visitou ainda o local onde decorreram os trabalhos de requalificação do cruzamento entre as estradas regionais N.º 3-2.ª e N.º 2-2.ª, na zona da Canada Longa e do Caminho de Cima, em São Mateus, através da qual se procedeu à reconversão de terreno em zona de lazer, tendo os trabalhos consistido na construção de muros em pedra da região, construção de telheiro para zona de lazer, churrasqueira e relocalização de fontanário, melhorando também o trânsito e criando estacionamento de apoio.

A titular da pasta das Obras Públicas visitou também o local onde decorrem os trabalhos de requalificação de um troço da Estrada Regional N.º 3–2.ª, no Caminho da Igreja, freguesia de Guadalupe.

Esta empreitada visa dar resposta ao elevado número de viaturas que se tem vindo a registar nas zonas próximas da Casa do Povo do Guadalupe e do Sport Clube Guadalupe, instituições situadas ao longo deste troço da Estrada Regional, tendo-se verificado a necessidade de aumentar e disciplinar os lugares de estacionamento, dada a afluência de viaturas neste local provocava o congestionamento do trânsito na via.

A solução projetada e agora em execução, considera o alargamento da via no sentido Guadalupe – Santa Cruz, com a construção de novos muros limite em pedra seca e criação de passeios e estacionamento longitudinal.

Estas três empreitadas, que representam um investimento de cerca de 190 mil euros, levam à prática os objetivos do Governo dos Açores de melhoria das acessibilidades, das vias públicas, das condições de mobilidade e da qualidade de vida dos Açorianos, promovendo ainda a requalificação de espaços públicos e a melhoria das condições de segurança da rede viária regional.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO