III Fórum Açoriano Franklin D. Roosevelt na Horta

0
23

A terceira edição do Fórum Açoriano Franklin Delano Roosevelt tem lugar de 27 a 29 de Abril, no Teatro Faialense, na cidade da Horta, Açores.

Esta iniciativa, promovida pela Fundação Luso-Americana (FLAD) em parceria com o Governo Regional dos Açores, é, desta vez dedicada ao Mar, com o tema “O Mar na Perspectiva da História, da Estratégia e da Ciência”.

O Fórum vai trazer à ilha do Faial um conjunto de especialistas de todo o mundo, portugueses e norte-americanos, para debater as políticas, oportunidades e recursos ligados ao Mar nas suas diferentes perspectivas: histórica, estratégica, científica e até turística.

Como já é habitual, esta edição do Fórum conta ainda com a presença um familiar de Franklin Roosevelt, desta vez Frederic Delano Grant Jr., seu sobrinho bisneto, cuja intervenção será dedicada ao legado marítimo de Roosevelt.

No evento participam mais de 40 oradores, entre os quais Cynthia Koch  (ex-directora da Biblioteca Presidencial Franklin D. Roosevelt), Maria Filomena Mónica  (investigadora), Fernando Barriga  (CREMINER, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa), Mariano Gago  (IST), Mário Ruivo  (presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável). Destaque ainda para a presença de Manuel Pinto de Abreu, secretário de Estado do Mar, de Tiago Pitta e Cunha, consultor do Presidente da República para os Assuntos da Ciência, Ambiente e do Mar, e de Barney Frank, um dos congressistas americanos que mais tem desenvolvido relações com a comunidade portuguesa e os Açores.

A sessão de abertura, a 27 de Abril, terá a participação de Carlos César, presidente do Governo Regional dos Açores, de Maria de Lurdes Rodrigues, presidente da FLAD, de João Castro, presidente da Câmara Municipal da Horta, e de Jorge Medeiros, reitor da Universidade dos Açores.

Ricardo Serrão Santos, pró-reitor da Universidade dos Açores, e Hélder Silva, director do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP), também intervêm no Fórum em representação do DOP, um dos centros de investigação mais prestigiados na área dos Oceanos e com maior reconhecimento a nível internacional, sediado na Horta.

Mário Mesquita, administrador da FLAD, afirma que este terceiro Fórum “pretende abordar, de forma pluridisciplinar, o tema do Mar, enquanto elemento prospectivo em relação aos Açores, uma vez que é uma área com elevado potencial de desenvolvimento, não só para a Região Autónoma mas também para todo o país.”

Trata-se de uma iniciativa de carácter regional, nacional e internacional, que visa promover um debate multidisciplinar sobre um dos mais valiosos bens do país, cuja exploração tem marcado não só a história portuguesa, mas também o seu caminho político, cultural e social. Segundo o responsável da FLAD, entidade organizadora do evento, “o Mar assume-se como um factor central no desempenho económico nacional, mas também no posicionamento de Portugal no mundo, considerando a sua localização geográfica”, reforça Mário Mesquita.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO