José Leonardo Silva assume-se como “a verdadeira coligação com todos os faialenses”

0
16

g A sala  do Hotel Fayal foi pequena para acolher todos aqueles que foram apoiar a apresentação da candidatura de José Leonardo Silva à presidência da Câmara Municipal da Horta pelo Partido Socialista.

A expectativa era de que fossem conhecidos os números dois e três da lista socialista, no entanto, tal não aconteceu.

Coube a Helder Silva, um dos mandatários desta candidatura, a par de Helena Reis, abrir a noite. No seu discurso, em que evocou as competências curriculares de José Leonardo, o mandatário apontou critícas à coligação afirmando que “o nosso candidato sempre soube defender a sua terra, é a nossa escolha, ao contrário de outros partidos que, tiveram que se coligar”.

O candidato do PS à presidência da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva, defendeu uma maior aposta nos setores primários, como forma de combater o desemprego no concelho e para criar novos postos de trabalho.

“Devemos saber responder com um estímulo à economia local, com uma verdadeira aposta nos setores primários de atividade, e na criação do próprio emprego, privilegiando os investimentos na agricultura e nas pescas”, defendeu o candidato socialista.

No seu entender, a Horta, que é gerida há 24 anos consecutivos pelo PS, deve procurar consolidar-se como “destino de mar” e como “cidade-mar do Atlântico”, investindo mais em áreas como a reparação naval, a investigação marinha e as atividades marítimo-turísticas.

José Leonardo Silva defendeu ainda o surgimento de “uma nova vaga de massa crítica e de novas energias”, que possam promover o empreendedorismo e aprofundar a capacidade de inovação. “Acima de tudo, é preciso não deixar que a política do bota abaixo faça perder o valor das nossas gentes, a singularidade das nossas freguesias e o orgulho de ser faialense e açoriano”, sustentou o candidato.

O Presidente do PS/Açores reiterou que na atual conjuntura em que vivemos ninguém pode ser dispensado do trabalho de colaborar pelo progresso e desenvolvimento da sua terra. Vasco Cordeiro, que falava na sessão de apresentação do candidato socialista à Câmara Municipal da Horta, considerou que a experiência de José Leonardo é uma grande ativo da candidatura do PS. 

“Na atual conjuntura em que vivemos a experiência do José Leonardo, o conhecimento dos dossiês e a proximidade com as pessoas assegura um projeto com visão para continuar a levar o Faial e os Açores para a frente”.  Para o líder do PS/Açores, nas próximas eleições autárquicas os faialenses serão confrontados com uma escolha muito simples. “A pergunta simples é saber se os faialenses querem ter à frente da Câmara Municipal da Horta a mesma coligação que na República está a dar cabo do poder local democrático, está a dar cabo da democracia e do progresso e desenvolvimento do nosso País”.