Núcleos Museológicos da Adega e da Casa Museu Maria dos Anjos Melo inaugurados na Lagoa

0
17

Decorreu ontem, na freguesia da Ribeira Chã, a inauguração da nova museografia dos Núcleos Museológicos da Adega e da Casa Museu Maria dos Anjos Melo, que contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto e do Pe. João Furtado, na qualidade de Presidente do Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã.

Para Cristina Calisto, “estas beneficiações quer espaciais, quer museográficas permitem reavivar as memórias e vivências do povo da Ribeira Chã, em que a autarquia se empenhou para recuperar e remodelar este núcleo Museológico, promovendo o espólio cultural desta freguesia, numa junção entre o conhecimento e a cultura”. Um trabalho que assentou muito no trabalho de museografia.

De salientar que, as remodelações dos Núcleos Museológicos da Ribeira Chã surgem após a assinatura do protocolo entre o Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã e a Câmara Municipal de Lagoa.

“Esta junção entre as entidades permite a promoção da Lagoa e, neste caso, da freguesia da Ribeira Chã, num espírito de entreajuda e de parceria, em prol da história e da memória coletiva que não se apaga e que nos permite colher frutos positivos”, afirmou a autarca.

Para os diversos Núcleos Museológicos que foram remodelados, foi realizado um trabalho mais contemporâneo, algo mais moderno para os nossos tempos, principalmente, “fizemos uma atualização da mensagem que passamos para as pessoas que nos visitam, através de um descritivo bilingue, de forma a darmos um conhecimento real do nosso território a quem nos visita”, referiu a edil lagoense, agradecendo o voto de confiança que o Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã depositou na autarquia.

Após a reabertura destes dois núcleos, está programada, para o final deste ano, a terceira fase de reformulação que irá decorrer no Núcleo Agrícola e no Quintal Etnográfico, que visa valorizar as especificidades da Ribeira Chã, nomeadamente a sua identidade etnográfica, sendo que, ficarão concluídas todas as remodelações previstas nos diversos Núcleos Museológicos desta freguesia, preservando a obra e a memória do seu fundador, o Pe. João Caetano Flores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO