Parabéns AJIFA!!

0
14
DR

No passado dia 16 de julho a Associação de Jovens da Ilha do Faial, mais conhecida por AJIFA, realizou o seu 3º aniversário. A AJIFA surgiu por vontade de um grupo de jovens que sentiu a necessidade de na ilha do Faial existir uma associação que fosse capaz de “dar a cara” pelos jovens, alertando para os seus problemas, contribuindo para uma juventude mais ativa e dinâmica e consciencializando esta mesma juventude com atividades de índole ambiental, cultural, desportiva, social ou até mesmo inter-geracional. 

Começar um projeto de raiz nem sempre é fácil! Estávamos no inicio do ano de 2014, as dificuldades foram várias começando principalmente pela falta de aderência dos jovens a este projeto, passando pela falta de financiamento para constituir a associação. Arregaçamos as mangas e rapidamente conseguimos agilizar tudo e todos para que em pouco mais de 3 meses tivéssemos a associação de pé. Para muitos de nós acabava de nascer um bébé que era preciso ser cuidado e alimentado para que vingasse. Hoje conta com 3 anos de muito sucesso, a proporcionar sempre mais e melhor aos jovens da nossa terra, destacando-se diversas atividades inovadores como por exemplo o BubbleFootball e o Snookball, mas também atividades de caris educativo e cultural como por exemplo a feira das profissões ou o festival de Curtas metragens. Acreditamos que só com inovação e estando ao lado dos jovens podemos chegar mais longe e fazer mais pelo Faial. 
As associações juvenis são por definição um espaço de crescimento cívico dos jovens onde quem tem vontade de se associar, terá a certeza de que só irá receber benefícios e que esta irá contribuir para a sua evolução enquanto jovem.Tais associações têm um papel essencial para a formação dos jovens, podendo esta ser fortemente complementada através das atividades desenvolvidas, sejam elas desportivas, culturais, de solidariedade, lúdicas ou educativas, debatendo temas importantes e atrativos e desenvolvendo novas competências úteis para qualquer jovem!
Desta forma os jovens ganham uma forte capacidade de responsabilidade, organização, dedicação e ação. Sabem que irão fomentar e fortalecer o seu espírito cívico, que irão muitas vezes ter de discordar de algo que para eles não fará sentido e com isso desenvolverão o seu espírito critico e terão de defender aquilo em que acreditam.
No entanto, assim como na política, deve pertencer a uma associação quem a quiser servir e não quem se quiser servir dela. Esta questão tem sido muito debatida a fim de despertar a atenção dos dirigentes destas associações para o problema da ética e da seriedade no associativismo juvenil e não só. As associações juvenis são importantes para quem beneficia delas, para quem participa nelas e para quem com elas interage! 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO