PSD/Açores propõe redução do IRC para promover criação de emprego

0
7
DR

O líder parlamentar do PSD/Açores anunciou hoje que o partido que vai propor, no debate do Plano e Orçamento para 2020, a redução do IRC, com o objetivo de promover criação de emprego na Região.

“O PSD/Açores vai propor a reposição do diferencial fiscal de 30 por cento entre a Região e o continente que existia antes da ‘Troika’ no IRC cobrado às empresas. O Governo Regional tem condições para o fazer, pois vai arrecadar 740 milhões de euros em impostos em 2020. Entendemos que parte desta receita fiscal deve ser devolvida às empresas para que se gere mais emprego”, afirmou Luís Maurício, após uma reunião com a Câmara de Comércio e Indústria dos Açores.

O líder da bancada social-democrata salientou que “é a iniciativa privada que tem capacidade de gerar emprego”, considerando que “uma das formas de apoiar as empresas a criar postos de trabalho é reduzir os impostos”.

“A diminuição dos impostos sobre as empresas, nomeadamente do IRC, reclamada pela plataforma constituída pela Câmara de Comércio e Indústria dos Açores, a UGT e a Federação Agrícola dos Açores, é uma condição essencial para os empresários possam criar emprego”, disse.

Luís Maurício lembrou que a taxa de desemprego jovem nos Açores, que é de 24,7 por cento, “continua a atingir um valor muito elevado”, o que revela as “dificuldades” que a juventude açoriana tem para encontrar emprego.

“Os Açores perderam mais de 4.500 habitantes nos últimos cinco anos. Muitos dos jovens açorianos continuam a olhar para a emigração como a única alternativa para as suas vidas”, sublinhou.

Segundo o líder da bancada social-democrata, “é preciso que seja criada mais riqueza na economia açoriana para dar resposta aos jovens que não conseguem arranjar emprego”.

O presidente do grupo parlamentar do PSD/Açores referiu ainda que o partido vai também propor a redução da taxa normal do IVA de 18 para 16 por cento, de modo a “aumentar o poder de compra das famílias açorianas”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO