“Regiões autónomas não têm tempo para andar de costas voltadas”, defende Presidente Luís Garcia

0
30
blank

O Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, Luís Garcia,
defendeu hoje de manhã, no Funchal, que as regiões autónomas “não têm tempo para andar de costas voltadas”.

“Os desafios que ambas as regiões têm pela frente são tantos e muitos em comum”, pelo que “todo o nosso tempo deve ser aproveitado para arranjar boas propostas, debatê-las e sempre que possível consensualizá-las”, sublinhou o Presidente do Parlamento açoriano, no final de uma audiência de apresentação de cumprimentos ao Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, na Quinta da Vigia.

Para o Presidente Luís Garcia, que ontem iniciou uma visita oficial de quatro dias à região
autónoma da Madeira, é altura de “dar passos para consolidar esta parceria insular na defesa dos interesses dos Açores e da Madeira”, sejam esses passos “no plano político de
aprofundamento da autonomia, ou em outros domínios, em que possamos abrir portas e
caminhar para reforçar a cooperação entre os dois arquipélagos, designadamente nos planos económicos, cultural, e até na ciência e inovação”.

O Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores considerou mesmo que o trabalho dos
órgãos de governo próprio das duas regiões está a ser bem concertado nesse sentido. “Apesar do contexto de pandemia, temos aproximado as duas regiões, procurado soluções para aprofundar a autonomia e trabalhado para as consensualizar, porque esse consenso será determinante na fase seguinte”, ao nível da República, sublinhou o Presidente Luís Garcia.