Roteiro das Freguesias – Deputados do PS Faial visitam freguesia dos Flamengos

0
14

Os deputados do PS/Açores eleitos pelo Faial visitaram terça-feira, 20 de janeiro, a freguesia dos Flamengos no âmbito de um projeto que pretende estar mais próximo das pessoas, tentando solucionar ou minimizar algumas dificuldades existentes junto da população, denominado “Roteiro das Freguesias”.

De acordo com o deputado Lúcio Rodrigues, “viemos à freguesia dos Flamengos no âmbito de um roteiro que temos vindo a desenvolver ao longo deste mandato, no qual os deputados do Faial estão a percorrer todas as freguesias da ilha, colocando-nos à disposição para ouvir os cidadãos de todas as freguesias, assim como as próprias instituições e forças vivas das freguesias, não só das freguesias rurais, mas também das freguesias urbanas, numa lógica de auscultarmos as  suas preocupações e, de alguma forma, desenvolver tudo o que está ao nosso  alcance para as tentar resolver”. 

Na freguesia do Vale, os deputados socialistas reuniram e visitaram o  centro comunitário do Divino Espirito Santo, o Futebol Clube dos Flamengos, a Casa do Povo e a Junta de Freguesia. 

À margem da visita e em declarações ao Tribuna das Ilhas, Lúcio Rodrigues, salientou  o papel do Centro Comunitário e a sua importância na vida daquela freguesia, afirmando que “acaba por ser uma obra emblemática dos Flamengos que engloba um Centro de Noite e uma Creche e com o projeto de criar ainda um Centro de Dia. Trata-se de um projeto, no nosso entender muito interessante da lógica intergeracional, que coloca em funcionamento todas estas valências”. 

Lúcio Rodrigues exaltou a importância, a seu ver, que tem o facto, do terreno onde está implementado o Centro ter sido cedido “por um particular com um ideal social muito elevado e que a Junta de Freguesia soube aproveitar”. 

Ao longo do dia os problemas colocados pelas várias instituições com quem reuniram, segundo Lúcio Rodrigues, foram sobretudo “problemas de gestão diária. É preciso notar que, ao longo dos anos e com as crises diretivas que afetam todas as agremiações e instituições da ilha, o que se tem vindo a passar nos Flamengos é que há uma rotatividade de pais para filhos em muitos casos”.

“Os tempos são difíceis, e nós defendemos as parcerias e defendemos que todos juntos será sempre mais fácil resolver os problemas”, afirmou, a propósito de se ter feito acompanhar pelo Executivo da junta durante toda a visita e encontros mantidos nos Flamengos.

Lúcio deu como exemplo o facto de terem sido abordados por uma senhora “que se queixava de problemas na sua habitação, e nós deputados do PS, direcionamos para onde deve ser remetido o problema, nomeadamente para a secretaria regional da tutela,  e explicamos como é que as coisas funcionavam. Acima de tudo, cabe-nos a nós eleitos pelo povo, podermos  disponibilizar a informação de que as pessoas necessitam. Vamos ao encontro das pessoas nesse sentido, naquilo que estiver ao nosso alcance podermos resolver. Esse também é o nosso papel.”

“Vamos continuar pelas freguesias de forma a percorrermos todas e estarmos com as suas instituições, dando seguimento aos nossos roteiros”, referindo-se ao roteiro da solidariedade e ao roteiro do mar. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO