Secretária Regional da Saúde destaca esforço conjunto para humanização dos cuidados continuados

0
20

A Secretária Regional da Saúde salientou hoje, em Ponta Delgada, a importância da humanização na Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados, enquanto resultado de um trabalho conjunto entre a Saúde, a Solidariedade Social e as organizações da sociedade civil.

 

Teresa Machado Luciano falava na entrega de um donativo da Associação de Seniores de São Miguel a diversas Unidades de Cuidados Continuados Integrados desta ilha, cerimónia que contou também com a participação da Secretária Regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso.

 

A titular da pasta da Saúde, recordando que as Unidades de Cuidados Continuados Integrados mereceram particular atenção no âmbito da pandemia de COVID-19, elogiou “o trabalho meritório desenvolvido pela Equipa Coordenadora Regional junto das equipas locais, numa rede de 238 camas de cuidados continuados, distribuídas por oito ilhas, das Flores a Santa Maria”.

 

Salientou ainda “o empenho continuado das organizações civis em contribuir e colaborar para prestarmos cuidados melhores e mais humanizados” e deixou um apelo ao voluntariado, sublinhando que “estarmos a melhorar a vida de alguém faz de nós melhores cidadãos”.

 

A Associação de Seniores de São Miguel ofereceu oito televisores, que serão distribuídos pelas Unidades de Cuidados Continuados Integrados dos Centros de Saúde da Ribeira Grande e de Vila Franca e da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada, bem como 15 relógios de parede, destinados à Unidade de Cuidados Continuados Integrados do Centro de Saúde da Ribeira Grande.

 

Em declarações aos jornalistas, a Secretária Regional da Saúde afirmou, por outro lado, que os passageiros que se deslocam para a Região já estão a realizar os testes ao coronavírus SARS-CoV-2 em território continental, “em 150 postos de colheita de amostra biológica, do Algarve ao Minho”, no que considerou ser “uma solução proveitosa quer para os turistas, quer para os residentes”.

 

“Estamos a trabalhar também para informatizar a parte inicial, antes do voo, de modo a agilizarmos este processo, que foi implementado com sucesso e em tempo recorde”, salientou Teresa Machado Luciano.

 

Quanto ao teste a realizar no 6.º dia, a titular da pasta da Saúde garantiu que “vai continuar e será feito pela nossa equipa, que tem trabalhado dia e noite incansavelmente, sempre com um sorriso, em prol da segurança e da saúde pública dos Açorianos”.

 

“No site dedicado ao COVID-19, está toda a informação necessária, desde os postos de colheita aos horários, ao email e aos telefones de contacto para que os cidadãos possam marcar o seu teste”, frisou a governante.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO