Terceira – Deputados do PSD solidários com as pretensões dos profissionais da pesca

0
34
DR/PSD
DR/PSD

Os deputados do PSD/Açores eleitos pela Terceira estão solidários com as pretensões dos pescadores e armadores locais, garantindo trabalho para, “junto do novo executivo regional, melhorar as suas condições laborais e valorizar a atividade que exercem”, afirmaram.

Vânia Ferreira, Rui Espínola, Paulo Gomes e Luís Soares reuniram com a Associação Terceirense de Armadores, tendo ficado a par “das principais necessidades e carências que afetam um setor com uma importância fulcral na realidade social e económica da Terceira e dos Açores”, adiantaram.

Os social democratas referiram que “há várias pretensões em cima da mesa, como a necessidade de reabilitação do entreposto frigorífico em São Mateus da Calheta, para o qual estão projetadas importantes valências da sua utilização por parte da associação de armadores, e que se justificam plenamente”.

“Dentro das carências atuais daquela freguesia piscatória da nossa ilha, está igualmente a construção de uma estrutura para a preparação dos aparelhos de pesca, de modo a terminar com a atual situação, havendo soluções para esse problema que são, no nosso entender, perfeitamente viáveis”, disseram em nota de imprensa.

Os parlamentares do PSD/Açores eleitos pela Terceira mostraram ainda a sua preocupação “com o facto de ser exigida a escolaridade mínima obrigatória para se poder requerer a cédula marítima, que tem criado várias dificuldades para os profissionais do setor das pescas”.

Foram igualmente ouvidas e discutidas “as preocupações dos pescadores relativamente ao FUNDOPESCA, sendo que defendem algumas adaptações daquele apoio ao setor, que continua a viver as dificuldades da falta de mão de obra”, acrescentam os deputados.

Para Vânia Ferreira, Rui Espínola, Paulo Gomes e Luís Soares “é preciso acabar com o estigma de que ser pescador é um sinónimo de pobreza e, para isso, consideramos essencial que se fomente mais formação para os diversos intervenientes do setor, de modo a esta arte, tão importante nas nossas ilhas, tenha um futuro mais próspero”, afirmou, garantindo que “é com estas linhas orientadores que, junto do governo regional, vamos fazer ver a atual situação dos nossos pescadores e armadores”, concluíram.

A reunião com a direção da Associação Terceirense de Armadores inseriu-se no âmbito da iniciativa “+ Economia”, que os deputados estão a levar a cabo, e que visa auscultar os vários setores da economia local, procurando soluções que, no âmbito da atividade parlamentar, possam contribuir para a criação de mais emprego, riqueza e desenvolvimento económico.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO