Vila do Porto declara-se município antirracista por proposta do Bloco de Esquerda

0
13
DR

A Assembleia Municipal de Vila do Porto aprovou por unanimidade votos de saudação do Bloco de Esquerda pelas lutas sociais contra o racismo, contra a homofobia, e pela defesa da igualdade e liberdade.

“No atual contexto mundial, em que se afirmam ideais contrários aos da sociedade democrática e igualitária, e no contexto nacional, onde se verifica um aumento, a cada CCCano, de queixas apresentadas à Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, é especialmente relevante reconhecer a esperança que uma manifestação antirracista de dimensão sem precedentes traz consigo”, lê-se num dos votos aprovados, em referência à manifestação realizada no início do mês de junho por todo o país.

Na reunião da Assembleia Municipal realizada no passado dia 29 de junho, o deputado Paulo Sanona alertou o executivo autárquico para a necessidade de ser elaborado um plano com medidas para atenuar a crise económica provocada pela pandemia, e alertou ainda para a necessidade de serem resolvidos os problemas relativos às falhas de água na ilha de Santa Maria.

Relativamente à situação do forte de São João Baptista, o deputado municipal do BE reiterou que o forte deverá passar para a posse da Região, para que possa ser intervencionado.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO