Banco Condor continuará encerrado por mais 3 anos

0
9

Na passada semana, o Governo Regional anunciou que irá manter a proibição de pesca demersal na área do banco Condor para a continuação de estudos científicos, após consultar parceiros do setor.

A decisão já foi publicada em Jornal Oficial e estabelece a interdição por mais três anos. Toda a pesca que não afete os habitats do fundo marinho continua a ser permitida nesta área.

O Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores (DOP) é o responsável pelo projeto desde 2008. Os seus principais objetivos são aprofundar o conhecimento científico sobre os ecossistemas dos montes submarinos e o estudo dos efeitos de proteção nas comunidades dos ecossistemas.

Este banco submarino encontra-se situado a cerca de 10 milhas do Faial e possui 26 quilómetros de extensão e mais de um quilómetro de altura.

Sobre este assunto, o Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou que os estudos que têm vindo a ser realizados sobre os peixes demersais no banco Condor permitem verificar as flutuações naturais e a recuperação das populações, que possui grande valor económico para a pesca no arquipélago.

Apesar de alguns pescadores já terem vindo demonstrar discordância por esta proibição, Fausto Brito e Abreu salienta que “a capacidade dos Açores apresentarem à Comissão Europeia dados científicos fiáveis sobre a abundância das espécies com maior valor comercial será essencial para evitarmos mais cortes de quotas de pesca a partir de 2016”.

Neste contexto, o Secretário Regional garantiu ainda, “haverá um reforço da fiscalização na área banco Condor a fim de garantir o sucesso da experiência científica em curso”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO