BE promete integrar comunidade científica dos Açores na constituição de centro de investigação internacional

0
14

Na última sessão plenária desta legislatura, que está a decorrer na Horta, o Bloco de Esquerda (BE) garantiu que “a comunidade científica dos Açores será ouvida e irá participar no processo de constituição do futuro Centro Público Internacional das Ciências do Mar – uma reivindicação que o BE tem vindo a defender há mais de 10 anos para o Faial”.
Esta garantia foi dada pela líder do partido, Zuraida Soares na aprovação do documento que estabelece que, “no âmbito do trabalho da constituição do futuro Centro Público Internacional das Ciências do Mar, o governo fomente a participação e proceda à auscultação das Instituições e Entidades Cientificas Regionais, nomeadamente, o Departamento de Oceanografia e Pescas e o Departamento de Biologia da Universidade dos Açores, bem como os Centros de Investigação com atividades relativas ao Mar”.
Neste sentido, segundo o BE fica ainda “o Governo Regional também obrigado a informar o parlamento sobre todas as decisões fundamentais que vierem a ser adotadas neste processo, nomeadamente, quanto à sua constituição formal”.
Na ocasião Zuraida Soares destacou a importância da aprovação desta proposta, afirmando que assim “o Faial fica com o compromisso assumido, por parte do partido maioritário, de que haverá um Centro de Investigação Internacional das Ciências do Mar” e “o parlamento fica habilitado para fiscalizar o cumprimento desta resolução”, frisou.
Para o BE a “aprovação desta proposta é, não só, um primeiro passo para a concretização efetiva deste centro de investigação, mas também, a garantia de que a comunidade científica está envolvida no projeto desde o início do processo”, conclui.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO