João Ponte escreve ao Comissário Europeu Phill Hogan para reconhecer o seu contributo e empenho no desenvolvimento da agricultura nos Açores

0
15
DR

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas reconheceu hoje, numa carta enviada ao Comissário Europeu da Agricultura, que está a terminar o seu mandato, o empenho que Phill Hogan colocou no desempenho do cargo, desde logo na construção e preparação da nova Política Agrícola Comum no período 2021–2027, e reconhecer o fez pelo desenvolvimento da agricultura nos Açores.

João Ponte recordou a visita do irlandês Phill Hogan aos Açores em junho de 2018, considerando que foi de extrema importância para a Região, particularmente para o setor agrícola, pois permitiu dar a conhecer ‘in loco’ a realidade local.

“Estou convicto que no decurso da visita ficou ciente da nossa realidade e do trabalho que temos vindo a realizar em prol de uma agricultura mais desenvolvida e próspera e, sobretudo, tomou consciência do quão necessários são para a nossa Região os fundos comunitários da PAC, nomeadamente o POSEI e o Programa de Desenvolvimento Rural”, referiu João Ponte, na carta enviada a Phil Hogan.

“Penso que ficou claro o que de bom tem sido feito no setor agrícola açoriano, também ao nível do aproveitamento dos fundos comunitários, sendo, pois, justo e crucial que possamos continuar a contar com um próximo orçamento da PAC ajustado às necessidades do setor nos Açores”, acrescentou.

O governante açoriano recordou ainda que Phill Hogan deixou no arquipélago a garantia de que os Açores, enquanto Região Ultraperiférica, não serão alvo de quaisquer cortes no envelope financeiro do POSEI para o período 2021–2027.

“Essa foi a prova evidente, se dúvidas houvessem, que o senhor Comissário é sensível à importância das Regiões Ultraperiféricas no seio da Europa e consciente do contributo que damos para o fortalecimento e prosperidade da nossa União”, salientou João Ponte, considerando que foi justa a atribuição portuguesa da Medalha de Honra da Agricultura a Phill Hogan pelo papel preponderante que teve na agricultura europeia.

João Ponte termina desejando a Phill Hogan os maiores sucessos pessoais e profissionais no desempenho da sua nova função, enquanto Comissário Europeu do Comércio.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO