Líder do PSD/Açores apreensiva com situação financeira do Hospital da Horta

0
13

 Esta manhã, a líder do PSD/Açores esteve reunida com o Conselho de Administração do Hospital da Horta. Berta Cabral veio ao Faial para presidir ao seminário sobre políticas de saúde e cuidados paliativos organizado pelo PSD, no âmbito das jornadas parlamentares do partido, e aproveitou a ocasião para visitar a unidade hospitalar faialense.

À saída, a líder social-democrata destacou o que considera ser “o bom trabalho” desenvolvido pelo corpo clínico do Hospital da Horta, no entanto mostrou-se apreensiva em relação ao futuro dos hospitais na Região. Berta Cabral salientou as dificuldades financeiras que o Hospital da Horta atravessa, comuns às restantes unidades de saúde nos Açores: “os recursos financeiros são escassos, e esta situação financeira muito delicada carece de grande atenção, e é motivo de grande preocupação para os seus gestores”, referiu. Berta Cabral considera que “efectivamente, neste momento a banca tem muita dificuldade na concessão de crédito, e os hospitais têm vivido do financiamento bancário, e de outros mecanismos de financiamento, através da Saudaçor”, situação que, na óptica social-democrata, precisa de ser reequacionada.

Para a líder do PSD/Açores, é importante também salvaguardar o papel do Hospital da Horta no contexto regional, garantindo “a manutenção de um conjunto de valências essenciais para a prestação de bons cuidados de saúde às pessoas que residem na sua área de influência”, disse.

Em Junho passado, altura em que a situação financeira do Hospital da Horta se tornou um dos temas em análise na campanha para as legislativas nacionais, o passivo financeiro daquela unidade hospitalar era de cerca de 40 milhões de euros.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO