Reflexões Crónicas – O Político

0
6
TI
TI

Os momentos finais de uma eleição, quando são anunciados os vencedores e os derrotados, são sempre um rodopio circense, variando entre festejos e amuos, lembrando “A Eleição” de Manuel Garcia Monteiro, que termina com a imagem de um santo a voar pela janela do candidato derrotado. Não comentando em concreto as recentes eleições, que tiveram um pouco de tudo (não sei se também de santos voadores), várias das reacções fizeram-me lembrar as de uma eleição passada, há mais de uma década, em particular a de um político bastante feliz com a notícia de ter sido eleito. Cada vez que reflicto sobre políticos e política vem-me à mente aquela expressão plasmada nas capas dos jornais, pelo que aquela cara feliz denunciava.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO