SAUDOSAS FESTAS DO SENHOR

0
11

Chega Açores é um partido político que se apresenta assumindo no seu âmago, como crucial cunho, dos valores cristãos e das suas tradições. Impregnado nestes valores que presa e tendo em conta  estes dias difíceis de recolhimento utilizado como modo eficaz na proteção e de combate à propagação da doença Covid19 faz-se associa-se de modo muito solidário com todos, em especial nesta quadra tão importante para o nosso povo Açoreano, que se vê privado estar presente com a sua essência festiva,  comemorativa e celebrativa da fé,  em que os fieis católicos vão ter a oportunidade de celebrar de modo diferente.

O CHEGA Açores agradece a Sua Ex. Revma. Dom. João Lavrador, Bispo de Angra do Heroísmo e ao Rev. Cón. Adriano Borges, reitor do Santuário da Esperança, pela iniciativa de celebrarem a Santa Eucaristia a partir destes dois polos para a celebração da fé na diocese, que em domingos alternados tem sido transmitida pela RTP Açores, que também ao canal de televisão fazemos aqui chegar o nosso apreço pelo modo competente que permitiu que os fieis, de modo condicionado pela não presença, poderem participar e viver este Sacramento em suas casas.

O Chega Açores felicita com todo o apreço as autoridades religiosas e a irmandade do Senhor Santo Cristo pelo programa elaborado para as festividades em honra do Senhor Santo Cristo dos Milagres, com a veneranda imagem do Ecce Homo presente nas celebrações, tornando possível que todos possam estar em festa mesmo nestes tempos diferentes e excecionais.

O CHEGA Açores muito reconhecidamente felicita ainda a Igreja local pelo modo muito competente e responsável na gestão de toda esta problemática pandémica.

O CHEGA Açores também valoriza com elevado reconhecimento as transmissões das celebrações da fé que foram levadas a efeito através das redes sociais, que tornaram possível aos Açorianos na diáspora de também eles se agregarem e participando virtualmente se sentissem mais próximos às suas raízes; a esta iniciativa apelamos e incentivamos para a sua continuidade.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO