Trabalhar para os EUA a partir da Terceira

0
10
blank
DR

“Os deputados do Partido Socialista da Terceira visitaram hoje as instalações com 500m2 que serão, estima-se que a partir de março próximo, a empresa Rook, sediada aqui na ilha Terceira”, afirmou Francisco Coelho, à margem da visita realizada esta quinta-feira.

“De acordo com o que nos explicou Pedro Gama, o jovem CEO da mesma, será uma empresa que prestará serviços, sobretudo tendo em conta a sua internacionalização, nas áreas do call center, da tecnologia, da arquitetura e do design em regime de outsourcing”, explicou o deputado socialista.

Segundo Francisco Coelho, “estima-se que, em velocidade de cruzeiro, essa empresa empregue cerca de 100 pessoas, tratando-se de uma iniciativa que terá o apoio dos sistemas de incentivo regionais e que significa claramente, não só uma aposta de terceirenses, mas também uma aposta naquilo que as novas tecnologias e as novas formas de comunicação significam e possibilitam ao nível de novas oportunidades neste mundo globalizado.”

Para o deputado do GPPS-A, a visita “deu-nos, com certeza, esperança, não só nos terceirenses, na sua capacidade empreendedora, mas também naquilo que é possível fazer e naquilo que também têm sido os apoios estratégicos da região para que este tipo de iniciativas sejam realidades visíveis e palpáveis.”

A Rook é uma empresa multinacional que opera nas áreas de call center, programação e processamento de dados e que terá o seu centro operacional na Ilha Terceira, sendo um projeto inovador e que vem beneficiar da boa relação entre a Ilha Terceira e os EUA, mercado para onde se dirige, e fomentar a cultura multilinguística dos açorianos, oferecendo novas oportunidades de trabalho.

Os deputados do GPPS-A têm vindo a realizar diversas visitas e reuniões com os parceiros sociais no âmbito do Plano e Orçamento da Região Autónoma dos Açores para 2020.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO